Arquivo da categoria: My Crush

My Crush | Episódio 15 | Último

meu-crush

CONTINUAÇÃO…

JOAQUIM – É você que se chama Jean?

JEAN (SEM JEITO) – Sim sou eu!

JOAQUIM – É que eu vi aqui o wifi com esse nome e… será que você pode colocar a senha pra mim?

JEAN – Cê pode esperar aqui só um pouco?

JOAQUIM – Posso sim!

JEAN FECHA A PORTA E CORRE E LIGA PRA TALES.

JEAN (LIGANDO) – Atende! Atende!

TALES (ATENDENDO) – Não vai me dizer que já pegou o boy?

JEAN – Ainda não! Mas ele esta aqui na porta pedindo pra eu colocar a senha do wifi pra ele o que eu faço?

TALES – Primeiro você convida ele pra entrar. Diz que vai procurar a senha num caderninho que sua mãe deixou anotado e tal.

JEAN – Mas eu não consigo ne chegar perto dele, to aqui todo me tremendo.

TELES – Pare de tremer! E vai logo atender ele antes que ele vá embora e fique achando que você é ruim e não quer colocar a senha pra ele.

JEAN – Eu vou, mas qualquer coisa eu vou ligar pra você.

TALES – Tchau! E vê se faz o que eu fale.

JEAN – Tá!

JEAN ENCERRA A LIGAÇÃO.

JEAN VOLTA PRA ATENDER JOAQUIM.

JEAN (ABRINDO A PORTA) – Desculpa te fazer esperar.

JOAQUIM – Sem problemas.

JEAN – Entre, por favor. Pode ficar a vontade, vou só procurar aonde está o caderno que a minha mãe anotou a senha e já volto.

JOAQUIM – Eu espero.

JEAN ENTRA NO QUARTO DE SUA MÃE, ENQUANTO JOAQUIM ESPERA NA SALA.

JEAN (FALANDO SOZINHO) – O que é que eu vou fazer agora? Vou fingir mesmo que estou procurando esse caderno.

JEAN COMEÇA A REVIRAR AS COISAS DE SUA MÃE A PROCURA DE ALGUMA COISA.

JEAN – Tomara que eu ache cinquenta reais aqui.

JEAN CONTINUA PROCURANDO.

JOAQUIM APARECE NA PORTA DO QUARTO E VÊ JEAN DE QUATRO PROCURANDO ALGUMA COISA DEBAIXO DA CAMA, ELE FICA OBSERVANDO POR ALGUNS SEGUNDOS E…

JOAQUIM – Conseguiu achar?

JEAN (TOMA UM SUSTO E LEVANTA-SE) – Ainda não!

JOAQUIM – Por que está procurando debaixo da cama?

JEAN (RI SEM GRAÇA) – Por que minha mãe é meio doida, sei lá vai que ela escondeu ou deixou cair aqui embaixo?

JOAQUIM – Quer que eu te ajude a procurar?

JEAN – Não, não precisa! Acho que já sei onde está!

JOAQUIM – Então eu vou esperar lá na sala.

JEAN – Pode ir que já vou!

JOAQUIM SAI DO QUARTO E VOLTA PARA A SALA.

JEAN (SOZINHO) – O que é que eu vou fazer agora?

ELE FICA POR UM INSTANTE PENSANDO, LOGO SEGUE PARA A SALA PEGA O CADERNO NUM ARMÁRIO PEQUENO.

JOAQUIM – E ai?

JEAN – Aqui! Me dê seu celular que eu vou colocar a senha.

JOAQUIM ENTREGA O CELULAR.

JOAQUIM – Qual o valor que você paga pra ter essa internet?

JEAN – Por quer?

JOAQUIM – Por que eu vou pagar pra poder usar seu wifi.

JEAN – Não precisa não menino. Fique tranquilo.

JOAQUIM – Obrigado então.

JEAN – Tá aqui (DEVOLVE O CELULAR) Já coloquei a senha.

JOAQUIM – Obrigado! Obrigado mesmo.

JEAN – Por nada!

JOAQUIM – Agora eu tenho que ir, vou aproveitar pra fazer o trabalho do curso.

JEAN – Pelo celular?

JOAQUIM – É! A professora que o trabalho escrito.

JEAN – Ah!

JOAQUIM – Você pode me dar seu Whatsapp? Porque qualquer coisa eu falo com você.

JEAN – Tá!

JEAN PASSA SEU NÚMERO PARA JOAQUIM, QUE SALVA NO CELULAR.

JOAQUIM – Mais tarde eu vou falar com você só pra ter certeza de que é seu número.

JEAN RI.

JOAQUIM – Obrigado mais uma vez.

JEAN – Por nada!

JOAQUIM VAI EMBORA.

CAI A NOITE…

JOAQUIM FALA COM JEAN PELO WHATSAPP.

JOAQUIM – Boa noite?!

JEAN – Boa!

JOAQUIM – Realmente o número é seu!

JEAN – Tá vendo!

JOAQUIM – Posso te fazer uma pergunda?

JEAN – Pode!

JOAQUIM – Amanhã você vai estar em casa sozinho?

JEAN – Vou sim! Por que?

JOAQUIM – Umas três horas deixe a porta aberta que eu vou ai falar uma coisa com você.

JEAN – Tá bom!

JOAQUIM – Boa noite, vou dormir!

JEAN – Boa noite!

JOAQUIM VAI DORMIR.

DIA SEGUINTE…

JEAN ESTÁ EM CASA NERVOSO. ELE ABRE A PORTA DE SUA CASA E DEIXA ENCOSTADA.

JOAQUIM SOBRE AS ESCADAS, ENTRA FECHA A PORTA E TRANCA.

JEAN – O que você quer falar comigo?

JOAQUIM TIRA A ROUPA E FICA COMPLETAMENTE NU NA FRENTE DE JEAN

JOAQUIM – E ai?

JEAN OLHA E SORRI.

programacao

1guf88

My Crush | Episódio 14 | Penúltimo

meu-crush

CONTINUAÇÃO…

SARA VOLTA COM RUTE.

SARA – O que foi que aconteceu?

RUTE – Fica na sua e vem comigo que la dentro eu te explico.

RUTE LEVA SARA PARA SUA SALA.

SALA DE RUTE…

SARA (ENTRANDO) – Agora fala! Por que me chemou de volta?

RUTE – Calma!

SARA – Não vem me pedir pra ir falar com o Caio, por que eu não vou! Já decidi e vou embora. Vou buscar uma outra coisa, quem sabe um trabalho de carteira assinada e não um estagio.

RUTE – Posso falar?

SARA – Vai fala!

RUTE – O Caio pediu pra que eu fosse atrás de você!

SARA – O Caio pediu isso?

RUTE – Pediu!

SARA – Por que motivo ele faria isso?

RUTE – Não sei! E ele quer que você vá ate a sala dele.

SARA – Não vou até lá não!

RUTE – Vai sim! Ele pediu pra que eu fosse te buscar e você vai sim! Vai lá ver o que ele quer.

SARA – Eu vou! Mas se ele acha que eu vou aceitar o estagio de volta ele esta enganado.

RUTE – Deixa suas coisas aqui e vai!

RUTE PEGA AS COISAS DE SARA, QUE SAI PARA IR A SALA DE CAIO.

SALA DE CAIO…

SARA (CHEGANDO) – Com licença Caio?!

CAIO – Pode entrar, por favor.

SARA ENTRA DESCONFIADA.

SARA – A Rute disse que o senhor quer falar comigo?

CAIO (LEVANTA-SE) – Sente-se ai, por favor. Quer um café, uma água ou um suco.

SARA – Não obrigada! Será que o senhor pode me dizer o motivo de eu estar aqui?

CAIO – Não precisa me chamar de senhor.

FICA UM SILENCIO POR ALGUNS SEGUNDOS

CAIO – Então… É que eu resolvi te dar uma nova chance. Só que ao invés de ter você como estagiaria eu quero te efetivar aqui na empresa e como minha secretaria.

SARA – Sério?

CAIO – Serio!

SARA – Nossa! Ficou muito feliz com essa noticia.

CAIO – É… E… Eu estava aqui te olhando e… Queria saber se você aceita jantar comigo?

SARA – Eu jantar com o senhor? Digo com você?

CAIO – É! Quero te conhecer melhor. Saber como você é!

SARA – Mais e sua esposa?

CAIO – Eu já estou separado dela há um ano. Só estávamos morando juntos e agora eu decidi pedir o divorcio.

SARA – Eu posso pensar?

CAIO – Claro que pode! Só não demora pra responder.

SARA – Não vou demorar!

CAIO – Pegue suas coisas e traga aqui pra minha sala. Vou mandar preparar uma mesa pra você aqui.

SARA – Obrigada pela oportunidade!

SARA SAI DA SALA, CAIO A OBSERVA.

ELA VAI ATÉ A SALA DE RUTE.

SARA (CHEGA APRESSADA) – Rute? Rute?

RUTE – O que foi?

SARA – Amiga você não vai acreditar no que aconteceu la encima.

RUTE – Então conta!

SARA – O Caio me ofereceu um cargo de secretaria dele, e ai ele vai me efetivar de vez aqui na empresa.

RUTE – Que bom! Fico feliz por você.

SARA – Não, espera! O melhor você ainda não saber.

RUTE – O que?

SARA – Ele me convidou pra sair e jantar com ele.

RUTE – E você respondeu o que?

SARA – Eu disse que ia pensar!

RUTE – Não pensa muito não! Aceita logo esse convite por que não é todos os dias que vai aparecer uma Caio na sua vida.

SARA – Antes dele ir embora eu vou até e aceito o convite.

RUTE – Mas me diz ai… e a mulher dele?

SARA – Ele me falou que está separado dela a um ano, e que só agora resolveu pedir o divorcio.

RUTE – Então se rolar alguma coisinha nesse jantar… Será dentro dos conformes.

SARA – E você acha que vai rolar alguma coisa?

RUTE – Claro que vai! Possa ser que não role um sexo, um amor, mas um beijo com certeza vai rolar.

SARA – Ai será? Fico até nervosa. Eita!

RUTE – O que foi?

SARA – Não tenho um vestido pra sair com ele!

RUTE – Pode deixar que isso eu resolvo!

CHEGA AO FIM O EXPEDIENTE…

SARA – Que vestido lindo! Aonde você conseguiu?

RUTE – Tenho um amigo que tem uma loja aqui perto. Não foi tão dificil assim.

CAIO APARECE.

CAIO – Boa noite?! E ai decidiu o que sobre o convite que lhe fiz?

SARA – Eu aceito sim!

CAIO – Certo! Te pego em sua casa às nove, pode ser?

SARA – Claro!

CAIO – Até lá então!

CAIO SAI.

RUTE – Vamos embora então.

AS DUAS PEGAM SUAS COISAS E SAEM.

CAIO E SARA CHEGAM AO RESTAURANTE.

FUNCIONARIO – Sejam muito bem vindos! Queriam me acompanhar, por favor, preparei para o casal a melhor meas.

CAIO – Obrigado!

DEPOIS DE ALGUM TEMPO CONVERSANDO…

SARA – Por que você resolveu me efetivar na empresa e me convidou pra esse jantar?

CAIO – Por que eu vi em você uma menina especial. Eu vi você saindo por aquele corredor e… Me apaixonei pelo seu jeito.

SARA – Mas isso é impossivel.

CAIO – Não, não é! Você me conquistou naquele momento em que estava indo embora por aquele corredor.

SARA – Então você esta apaxonado por mim?

CAIO – Sim! Mas não quero te obrigar a nada.

SARA – Caio, eu me apaixonei por você desde o primeiro dia em que te vi naquela empresa.

CAIO APROXIMA-SE DE SARA.

CAIO – Então temos algo em comum.

OS DOIS BEIJAM-SE APAIXONADOS… DEPOIS DE UNS MINUTOS SE BEIJANDO ELES PARA.

CAIO – Quer namorar comigo?

SARA – Claro que eu quero!

VOLTAM A SE BEIJAR…

FIM

programacao

1guf88

My Crush | Episódio 13

meu-crush

CONTINUAÇÃO…

RICARDO – Posso saber o que está acontecendo?

CAROL – Essa idiota acha que um dia vai ter alguma coisa com você! Vai sonhando garota.

RICARDO (PARA LETÍCIA)– E por que pensa assim?

CAROL – Por que ela é uma idiota sem noção.

RICARDO (PARA CAROL) – Se você deixar ela falar eu vou te agradecer! Ou ela é muda?

CAROL – Ela é tão idiota é não é nem capaz de conversar.

RICARDO – Me diz alguma coisa menina.

LETÍCIA – Eu prefiro ficar na minha e ir embora.

RICARDO – Por que não me explica tudo?

LETÍCIA DÁ AS COSTAS E DECIDE IR EMBORA.

CAROL – Vai fugir agora Letícia? Então eu conto! Conto que você gosta dele, que ele é seu crush.

LETÍCIA PARA E AINDA DE COSTA OUVE O QUE CAROL FALA.

CAROL – Só que ela é uma sem graça, sem sal e sem coragem pra assumir isso. Ela sabe que você nunca vai querer nada com ela, por isso esse medo de contar a verdade.

LETÍCIA E RICARDO SE OLHAM.

CAROL – Vai sua idiota vai embora e deixa que eu fique com ele! Que eu fique mais uma vez.

LETÍCIA VAI EMBORA E RICARDO VAI ATRÁS.

CAROL (GRITANDO) – Ricardo? Ricardo? Volta aqui. Vamos aproveitar esse momento.

RICARDO SEGUE LETÍCIA.

RICARDO (SEGUINDO LETÍCIA) – Ei menina?! Será que pode parar e conversar comigo?

LETÍCIA (CONTINUA ANDANDO) – Me esquece e volta pra lá! A Carol está te esperando e ficou lá te chamando.

RICARDO – Essa menina é completamente louca. Para, por favor, e me diz o que está acontecendo.

LETÍCIA – Me deixa! Agora quem não quer mais sou eu!

RICARDO (ELE PARA) – Vai desistir de mim assim sem ao menos me permitir ouvir da sua boca o que sente por mim?

LETÍCIA (PARA) – De que isso importa mais agora? A Carol já disse tudo!

RICARDO – Só que eu quero ouvir isso de você! Quero saber os seus sentimentos. Será que você sente mesmo algo por mim? Então aproveita esse momento e me diz. Me deixa por dentro do que realmente sente.

LETÍCIA – Desde o dia que eu cheguei aqui eu logo me interessei por você!

RICARDO – E o que te fez pensar que eu sou o garoto que você quer?

LETÍCIA – Sei lá! Acho que seu jeito de agir e de se vestir, ou sua popularidade.

RICARDO – E o fato de eu ter ficado com varias garotas não te incomoda?

LETÍCIA – Não! Gosto de você de verdade, isso é apenas detalhe.

RICARDO – Isso me surpreende por que nunha das garotas que eu fiquei me disse isso, ou queria algo serio comigo.

LETÍCIA – Que bom! E… eu nunca namorei ninguém.

RICARDO – Nunca namorou? Nem ficou?

LETÍCIA – Nunca! Venho de uma cidade pequena onde o que uma pessoa faz toda a cidade saber. Então meus pais me educaram com rigidez, pra que eu não ficasse mal falada em toda a cidade.

RICARDO – E o que a Carol tem haver com tudo isso?

LETÍCIA – Ela se fez de minha amiga, foi a primeira a saber que eu gostava de você. Me disse quem você era, que já tinha ficado com você. Se fez me amiga e depois te beijou na minha frente só pra me fazer ciumes.

RICARDO – Mas não precisava bater nela daquele jeito.

LETÍCIA – Ela brincou com meus sentimentos! Odeio que façam isso. E se você for fazer isso, eu acho melhor a gente nem se falar mais.

RICARDO – Me dá uma chance de ao menos te conhecer melhor, e te mostrar quem eu sou.

LETÍCIA – E qual a garantia que eu tenho que você não vai brincar com meus sentimento?

RICARDO – Só o fato de estar aqui te ouvindo já é a garantia de que eu não vou brincar com seus sentimentod.

LETÍCIA – Tudo bem! Afinal você já sabe que eu gosto de você.

RICARDO – Posso te levar em casa? A gente vai conversando pelo caminho.

LETÍCIA – Tudo bem!

RICARDO ACOMPANHA LETÍCIA.

CAI A NOITE…

CAROL FALA COM LETÍCIA NO WHATSAPP.

CAROL – Vou acabar com você! Se acha que o Ricardo vai te dar uma chance, você esta enganada! Amanhã mesmo eu vou tascar um beijo bem gostoso nele na frente de todo mundo.

LETÍCIA – Faça o que você quiser!

CAROL – Pois eu vou fazer!

LETÍCIA BLOQUEIA CAROL.

LETÍCIA – Menina chata do caralho.

RICARDO LIGA PARA LETÍCIA.

RICARDO – Boa noite?!

LETÍCIA – Boa!

RICARDO – E ai?

LETÍCIA – Tudo bem! Acabei de bloquear a Carol no whatsapp. Ela me ameaçou.

RICARDO – O que foi que ela disse?

LETÍCIA – Disse que vai acabar comigo! Falou parecendo até uma atriz de novela mexicana, e disse que vai te dar um beijo bem gostoso.

RICARDO – Essa menina é sem noção! Me arrependo de ter ficado com ela. Mas eu tenho uma ideia pra acabar com todas as chances dela.

LETÍCIA – O que você quer fazer?

RICARDO – Amanhã quando for ao curso me espera uma quarteirão antes.

LETÍCIA – Pra que mesmo?

RICARDO – Faz isso o que eu falei!

CONTINUAM CONVERSANDO…

 

NO DIA SEGUINTE…

RICARDO E LETICIA ENCONTRAM-SE NO LUGAR COMBINADO.

RICARDO – É agora!

OS DOIS CHEGAM ACOMPANHADOS. CAROL OS ENCARA. RICARDO OLHA PARA CAROL, VIRA-SE E BEIJA LETICIA APAIXONADAMENTE.

FIM

programacao

1guf88

My Crush | Episódio 12

meu-crush

CONTINUAÇÃO…

DANIELO NÃO CONSEGUE ACREDITAR NO QUE ACABOU DE OUVIR, E VAI EM LAGRIMAS.

ELE CHORA COPIOSAMENTE.

DANILO PEGA O CELULAR NO CHÃO E LIGA PARA TATI.

DANILO (LIGANDO PARA TATI) – Tati?

TATI – O que foi Danilo? Tá chorando?

DANILO – Não! É que…

TATI – Danilo, você esta chorando sim! Foi alguma coias com o Júlio?

DANILO – Foi sim! Me ligaram aqui agora… e me falaram que ele não resistiu!

TATI (SURPRESA) – Como assim? Isso não pode ser verdade.

DANILO – Eu também estou sem acreditar.

TATI – Isso não pe verdade! Não é!

DANILO – Infelizmente é o que aconteceu!

TATI ENTRA EM DESESPERO E CAI NO CHORO.

TATI – Não Danilo, não pode ser! Me diz que isso é mentira. Me diz que é mentira, por favor.

DANILO – Estou indo até o hospital agora pra saber se é verdade.

TATI – Eu encontro com você lá.

TATI CHORA AINDA SEM ACREDITAR.

HOSPITAL… ALGUMAS HORAS DEPOIS…

DANILO CHEGA AO HOSPITAL E VÊ OS PAIS DE JÚLIO TRANQUILOS.

DANILO – Oi gente?! Será que alguém pode me explicar o que esta acontecendo aqui?

JUSSARA – Do que você está falando menino?

DANILO – Me ligaram mais cedo informando que o Júlio tinha nos deixado.

JUSSARA – Isso não é verdade! Quem foi que fez isso?

DANILO – Aqui oh! Me ligaram desse número.

DANILO MOSTRA O REGISTRO DA LIGAÇÃO.

JUSSARA – Esse número é do Júlio.

DANILO – Como assim do Júlio? Eu tenho o número dele.

JUSSARA – Esse é o que ele usa pra falar só com a família.

DANILO – E quem está com o celular dele?

JUSSARA – É isso que eu gostaria de saber.

TATI CHEGA AO HOSPITAL. ELA VAI DIRETO ABRAÇAR JUSSARA, E CHORA.

JUSSARA – Por que você esta chorando?

TATI – Me diz que é mentira dona Jussara! Me diz que ele não se foi.

JUSSARA – Não foi minha filha! Isso que falaram é mentira.

TATI (ENXUGA O ROSTO) – Como assim?

JUSSARA – O Júlio não melhorou nem piorou, continua na mesma.

DANILO – Qual foi a última vez que o médio veio aqui?

JUSSARA – Hoje pela manhã.

TATI – Então é tudo mentira?

JUSSARA – É sim!

DANILO – Agora temos que descobrir quem está usando o celular do Júlio.

TATI – Liga pro número!

DANILO LIGA PARA O NÚMERO E O CELULAR COMEÇA A TOCAR NO BOLSO DO PRIMO DE JÚLIO.

DANILO – Esta chamando!

TATI – E tá tocando aqui!

JUSSARA VAI ATÉ O PRIMO DE JÚLIO, PEGA O CELULAR NO BOLSO DELE.

JUSSARA (COM O CELULAR NA MÃO) – Então foi você que fez isso? Por que em?

PRIMO – Desculpa! Eu queria fazer uma brincadeira!

O GAROTO SAI COM VERGONHA.

TATI – Que menino sem graça.

DANILO – E sem noção!

O MÉDICO CHEGA.

MÉDICO – Boa tarde!

JUSSARA – Então doutor?

MÉDICO – Então… O júlio… Acordou e está muito bem.

TODOS COMEMORAM, ABRAÇAM SE E CHORAM EMOCIONADOS.

MÉDICO – Ele está bem! Não quis vim antes avisar por que era preciso ter certeza disso! Ainda hoje ele deixa a UTI. E quem vai ser a primeira pessoa a visitar?

TODOS SE OLHAM.

TATI – Nada mais justo que a mãe dele ser a primeira a vê-lo.

MÉDICO – Ok! Logo, logo uma enfermeira vem buscar a senhora.

JUSSARA – Obrigada doutor!

MÉDIO – Por nada!

O MÉDICO SAI.

 

CAI A NOITE… JÚLIO JÁ ESTA NA SEMI UTI, JUSSARA JÁ O VISITOU, ELE AGORA RECEBE TATI.

TATI – Posso entrar?

JÚLIO – Claro que pode!

TATI (ENTRANDO) – Acho que você não me conheçe.

JÚLIO – E quem disse que não? Sei que você é amiga do meu vizinho Danilo.

TATI – Como é que você sabe?

JÚLIO – Ele já tinha me falado de você!

TATI – Eu mato o Danilo! Que vergonha.

JÚLIO – Não precisa! Até por que eu já sei de tudo.

TATI (SEM JEITO) – Tudo o que? O que foi que o Danilo te falou?

JÚLIO – Sobre seus sentimentos por mim.

TATI (COM VERGONHA) – Meu Deus!

JÚLIO – Não precisa ficar assim! Segura aqui a minha mão.

TATI SEGURA A MÃO DE JÚLIO.

JÚLIO – No dia em que eu sofi o acidente, eu estava indo pra faculdade e ia te pedir em namoro na frente de todos.

TATI – Sério?

JÚLIO – Sim! Há um tempo que eu venho te observando. Seus jeitos, seu sorriso, sua alegria. Isso tudo me conquistou. Eu me apaixonei pela garota da faculdade que me tem como um crush.

OS DOIS RIEM.

JÚLIO – Ainda me quer como seu crush?

TATI – Claro que sim!

JÚLIO – Então me dá um beijo e prova que gosta de mim!

OS DOIS SE BEIJAM.

ALGUNS MESES DEPOIS…

JÚLIO AINDA SE RECUPERA DO ACIDENTE, ANDA DE CADEIRA DE RODAS.

JÚLIO E TATI PASSEIAM NO PARQUE.

CONVERSA INICIADA…

JÚLIO – Que bom ter você aqui comigo!

TATI – Eu agradeço todos os dias por ter você na minha vida.

DANILO VEM CORRENDO.

DANILO – Não esqueçam que tudo isso foi graças a mim!

TATI E DANILO ABRAÇAM JÚLIO.

FIM

programacao

1guf88

My Crush | Episódio 11

meu-crush

CONTINUAÇÃO…

ALESSANDRA – O que é isso?

ERICK CONTINUA BEIJANDO PALOMA.

ALESSANDRA SE IRRITA E SEPARA OS DOIS.

ALESSANDRA – Para com isso agora! Fora! Fora da minha festa agora!

PALOMA – Eu não tive culpa.

ALESSANDRA – Não me interessa sua vadia descarada! Quero vocês dois fora da minha festa agora!

ERICK SAI NA FRENTE SOZINHO. PALOMA SAI ACOMPANHADA DE SAMUEL. ALESSANDRA OS SEGUE.

OS QUATRO DESSESM A ESCADA.

ALESSANDRA – Fora da minha festa agora! Fora todo mundo acabou a festa, fora agora!

JU – O que foi que aconteceu Paloma?

PALOMA – A Alessandra e o Erick brigram e ele pra irritar ela, acabou me beijando.

JU – Mentira!

PALOMA – Verdade!

TODOS SAEM DA CASA.

NA RUA…

PALOMA – Samuel me desculpa pelo que aconteceu?

SAMUEL – Tranquilo! Eu seu que não foi culpa sua.

PALOMA – Será que podemos converar depois?

SAMUEL – Claro! Gostaria muito de ter a sua amizade. Gostei muito de trocar uma ideia com você.

PALOMA – Que bom! Fico feliz por isso.

SAMUEL – To saindo! Boa noite ai pra vocês.

JU – Boa noite!

PALOMA – Boa noite e fica bem!

OS DOIS ABRACAM-SE. SAMUEL VAI EMBORA.

ERICK APROXIMA-SE

ERICK – Oi?! Será qie podemos conversar?

PALOMA (OLHA PARA JU) – Claro podemos sim!

JU VAI EMBORA E DEIXA PALOMA COM ERICK.

ERICK – E ai?

PALOMA – Por que fez aquilo?

ERICK – Primeiro desculpa por ter te usado e… Eu fiz justamente pra fazer ciumes a Alessandra.

PALOMA – E você decidiu logo me beijar?

ERICK – E o que tem isso?

PALOMA – Erick… Eu sou louca por você. Sempre fui afim de você.

ERICK – Sério?

PALOMA – Sim! Sempre fui apaixonada só que eu nunca falei nada por que na verdade a gente nem se fala.

ERICK – Verdade!

PALOMA – E outra… Você namora a Alessandra e se tem uma coisa que eu não gosto é separar ninguém.

ERICK – Mas e o cara que estava com você? Cê tá ficando com ele?

PALOMA – Não, não! Conheci ele aqui na festa e estavamos conversando.

ERICK – Poxa… (ELE SEGURA AS MÃOS DELA) Eu queria poder te conhecer melhor mas como você viu, eu acabei de terminar meu namoro com a Alssandra.

PALOMA – Mas eu não quero mais ficar com você.

ERICK – Por que não?

PALOMA – O fato de você ter me usado me deixou com o pé atrás e… como eu estava conversando com aquele garoto, eu pude ver que ele é o cara que eu estou procurando.

ERICK – Mas você nem me deu uma chance de te mostar quem eu sou.

PALOMA – E nem precisa. O beijo que me deu foi o suficiente.

ERICK – Tudo bem eu vejo que isso não vai dar certo agora, mas eu quero que me dê um tempo pra que a gente possa resolver nossas vidas e ai decidir o que vamos fazer.

PALOMA – Acho que eu não estou disposta a esperar por você pra acabae vendo você voltar com a Alessandra amanhã mesmo.

ERICK – Desculpa, mas você está enganada. A conversa que eu tive com a Alessandra naquele quarto foi definitiva. Sem volta. Me dá um tempo pra que eu possa te mostar isso?

PALOMA – Tudo bem!

OS DOIS ABRAÇAM-SE

ERICK – Obrigado!

OS DOIS VÃO EMBORA.

DOIS MESES DEPOIS…

PALOMA CHEGA NO COLÉGIO ACOMPANHADA DE JU E VÊ VÁRIOS CORAÇÕES COM SEU NOME ESPALHADO.

PALOMA – O que esta acontecendo aqui?

JU – Tem varios corações com seu nome.

PALOMA – Quem será que fez isso?

ALESSANDRA APARECE IRRITADA

ALESSANDRA – Que palhaçada é essa aqui em? Quem é o idiota que está fazendo isso?

PALOMA PEGA UM DOS COREÇÕES E ABRE

PALOMA (LENDO) – Quer namorar comigo? P & E

JU – Quem será que esta fazendo isso?

ERICK APARECE…

ERICK – Isso é suficiente pra você?

PALOMA – Erick?

ERICK – Fiz isso pra mostrar a você o quanto eu quero namorar com você. Será que você quer mais que isso pra te convencer que eu te quero?

ALESSANDRA – Idiota! Que coisa mais ridícula isso, mais brega!

JU – Fica na tua garota!

ERICK – Então Paloma, você aceita namorar comigo?

PALOMA – Mas não precisava de tudo isso pra me convencer de que você passou a gostar de mim.

ERICK – Eu sei! Mas tive que fazer.

JU – Questiona demais não! Aceita logo.

PALOMA OLHA PARA TODOS OS LADOS.

PALOMA – Eu aceito sim namorar com você

ERICK APRIXIMA-SE DE PALOMA E OS DOIS SE BEIJAM NA FRENTE DE TODOS.

ALESSANDRA SAI IRRITADA COM O QUE VÊ. TODOS OS OUTROS ALUNOS APLAUDEM.

PALOMA – Você não sabe o quanto eu estou feliz com isso.

ERICK – O tanto suficiente que eu estou sentido em ter você como minha namorada.

VOLTAM A SE BEIJAR.

SAMUEL (PARA JU) – E ai tá afim de sair hoje comigo? Pegar um cinema?

JU – Claro!

JU E SAMUEL SAEM PELO CORREDOR JUNTOS, ENQUANTO PALOMA E ERICK BEIJAM-SE.

FIM

programacao

1guf88

My Crush | Episódio 10

meu-crush

JEAN E TALES OBSERVA O CAMINHÃO INDO EMBORA.

TALES – Oxi, não entendi.

JEAN – E agora? Será que essa mudança é dele?

TALES – To começando a achar que não é eles que vão morar aqui.

JEAN – Affs. Não acredito nisso.

TALES – Se você tivesse ido ajudar poderia ter um momento a mais com o boy, mas ficou ai com sua cara de Tutancâmon, agora perdeu o menino.

JEAN – E você imprestável que nem o Whatsapp dele você pediu.

TALES – Mas eu ajudei ele e a mãe dele.

JEAN – Agora me diz. De que adiantou? E se o menino não voltar a sua ajuda vai ter adiantado de que mesmo?

TALES – Oh Jean, vou pra minha casa por que eu não estou nem afim de você hoje.

TALES LEVANTA-SE E VAI EMBORA.

JEAN – Dorme e tenha uma noite tranquila por que amanhã eu vou te infernizar se esse menino não voltar.

TALES MOSTRA O DEDO DO MEIO PARA JEAN.

CAI A NOITE…

TALES FALA COM JEAN NO WHATSAPP.

TALES – E ai? Tá aonde?

JEAN – Aqui na porta esperando pra ver se o menino vai voltar.

TALES – Mentira que você está fazendo isso? E banho? Já foi comer alguma coisa?

JEAN – Claro né!  E já tomei banho e antes de dormir vou tomar outro.

TALES – Vai que ele chegou quando você entrou pra fazer alguma coisa?

JEAN – Claro que não, né amor. Cê acha que eu dou ponto sem nó?

TALES – Tá e o que foi que tu fez?

JEAN – Fui lá encima verifiquei a porta e estava trancada e da hora que eu to aqui a luz não acendeu nenhuma vez.

TALES – E se ele não voltar?

JEAN – Eu faço uma simpatia, vou na macumba, numa mesa até na igreja eu vou pedir ao santo pra trazer esse menino de volta a minha belíssima vida.

TALES – Só lembrando que mãe Diná já morreu viu?

JEAN – Tá bom! Agora tchau!

JEAN CONTINUA A ESPERA DE JOAQUIM.

UMA HORA DEPOIS…

JEAN CONTINUA ESPERADO, É QUANDO JOAQUIM E A MÃE CHEGAM NUM CARRO PEQUENO.

JOAQUIM – Boa noite vizinho?!

JEAN – Boa noite!

JOAQUIM E SUA MÃE SOBEM PRA CASA.

NO DIA SEGUINTE… NO COLÉGIO – SALA DE AULA.

TALES – E ai o boy voltou?

JEAN – Claro que voltou! Quase agarrei ele quando vi ele saindo daquele carro.

TALESN – E ai?

JEAN – Ele foi gentil e me deu um ‘boa noite’.

TALES – Como eu queria tá lá pra ver isso. Mas e ai ficou só nisso?

JEAN – Claro que não, eu entrei pra casa e fui dormir.

TALES – Pelo amor do pai! Eu to pensando que você foi até lá oferecer uma ajuda ou jogar um frete pra cima do boy… E você entrou pra ir dormir.

JEAN – Tales, por favor! O menino acabou de se mudar cê já quer que eu fique marcando encima?

TALES – Claro! Vai que alguma piranha dá encima dele?

JEAN – Só se essa piranha for você!

TALES – Ah! Por favor, né? Se eu quisesse ele, eu já tinha.

JEAN – A é? E como é que você ia ter?

TALES – Eu me ofereci pra ajudar na mudança, poderia muito tem ter feito qualquer coisa pra tentar ter ele.

JEAN – É só que eu vi uma coisa hoje pela manhã e que eu não vou te contar mais por que você é muito chato.

TALES – Você vai fazer isso comigo?

PROFESSORA – Tales e Jean não querem sair e terminar o papo lá fora?

TALES – Desculpa professora.

JEAN – Tá vendo ai.

TALES – Lá fora você não escapa.

OS DOIS VOLTAM A ASSISTIR A AULA.

INTERVALO…

TALES – Vai me conta o que foi que você viu hoje?

JEAN – Agora não dá tenho que ir na biblioteca fazer uma pesquisa pra entregar na aula depois do intervalo.

TALES – Serio que você vai fazer isso comigo? Vai ficar fazendo esse misteriozinho barato?

JEAN – Quando eu chegar em casa eu falo com você pelo whatsapp.

TALES – Por quê? Tem foto do momento?

JEAN – Até mais tarde.

JEAN SEGUE PRA BIBLIOTECA E DEIXA TALES SOZINHO.

À TARDE…

TALES ESTÁ DORMINDO. JEAN MANDA UMA MENSAGEM PRA ELE.

JEAN – Essa miséria deve tá dormindo.

JEAN LIGA PELO WHATSAPP PARA TALES, QUE ACORDA ASSUSTANDO E ATENDE.

JEAN – Dormindo uma hora dessa?

TALES – Estou cansado e não ia ficar esperando sua boa vontade de me contar o que você viu hoje.

JEAN – Então olha ai nossa conversa e vai saber o que foi que eu vi.

TALES ENCERRA A CHAMADA E OLHA O WHATSAPP

TALES – :O O q é isso?

JEAN – É eu vi o Joaquim tomando banho PELADISSIMO hoje pela manhã.

ALGUEM BATE A PORTA.

JEAN – Já volto, vou atender a porta.

JEAN VAI ATENDER A PORTA E QUANDO ELE ABRE É JOAQUIM.

JOAQUIM – Boa tarde?!

JEAN FICA SEM REAÇÃO.

A História de Jean termaina na próxima sexta-feira | Segunda você confere o final Letícia

programacao

1guf88

Dia 06 de março às 8 horas da manhã estreia:

logo-vpc
Você vai aprender a decorar a sua cozinha sem gastar muito, e ainda vai saber quais alimentos são ideais para o seu café da manhã e quais os benefícios desses alimentos.